domingo, 15 de dezembro de 2013

EXPEDIÇÃO USHUAIA 2014 - PREPARATIVOS

      Após duas grandes viagens (teste), 3800 kms pelo Brasil e 2700 kms até o Uruguay, me sinto preparado para a maior viagem de moto de minha vida (até então). Vão ser 11000 kms, passando pelos países, Argentina, Chile e Uruguai e a viagem terá a duração de 20 dias. 
      
      A Grande Viagem estará ocorrendo do dia 25/12/13 ao dia 12/01/14.

      A organização da viagem está sendo feita pelo ADUANEIROSMC (http://www.aduaneirosmc.com.br/)

      Aliais não poderia deixar de mensionar os ADUANEIROSMC, grupo ao qual faço parte, após convite dos mesmos, participando das grandes expedições (viagens), organizadas pelo grupo.


Destino USHUAIA/ARG

      Para esta viagem estaremos em 5 motos:

     - HONDA CBR 600 F
     - HONDA CB 600 F HORNET (minha moto)
     -YAMAHA XJ6 F
     - HARLEY DAVIDSON 883R
     - HARLEY DAVIDSON FAT BOY


HORNET 2010 - Moto escolhida para a expedição
   Vou listar alguns pontos imprescendíveis que dever ser levados em consideração em uma viagem de moto de longa distância.

1- O que levar..??


      Esta é uma dúvida que assombra todo mundo durante o planejamento e preparação para uma viagem de moto que dure vários dias. O que levar na bagagem? A chave é encontrar o ponto de equilíbrio entre o máximo e o mínimo. É não levar muito mais objetos do que vai precisar ou deixar de levar o que pode ser extremamente necessário. 


      Eu costumo fazer uma lista do que vou levar muitos dias antes da data marcada para a viagem, e na medida em que for planejando os demais detalhes, vou revisitando a lista para verificar se algo não foi esquecido. Alguns dias antes da viagem eu faço um teste de campo, que é pegar todos os objetos da relação e dispô-los na bolsa. É uma oportunidade para checar se cabem, como serão colocados na moto e qual o peso que estarei me sujeitando carregar, sabendo que poderei inclusive ter que subir escadas com ele. 

     Segue abaixo uma previa de lista que funciona como um check-list também mas pode varias de acordo com os dias, para aonde será feita a viagem e é claro a necessidade de cada um.



   
2- Manutenção da moto.

      É obvio que para uma viagem de 11000 kms é extremamente importante em dar uma boa manutenção na moto. Assunto é bem complexo, a minha dica será apenas um lista do que deve ser realmente verificado, antes se botar na estrada.


      O pneu que está na moto vai  lhe atender?

      Para essa viagem tive que dar uma atenção muito especial aos pneus, até tinha bons pneus em minha moto mas como os mesmos não suportariam os 11000 kms da viagem, mandei vir um par de botas novas, a escolha foi MICHELIN PILOT ROAD II, que segundo o aduaneiro Matias Pasqualotto aguenta com sobra a empreitada.
      
     

      Estarei levando querosene para uma limpeza básica da relação, óleo SAE 90 e SUPER MOBIL para a lubrificação da relação, Um  tubo de  reparador  instantâneo de pneus que pode ser a salvação, ele enche  até quatro vezes o pneu  furado e permite que você chegue até um Posto de combustível ou outro local movimentado, além de oléo para o motor e  desingripante.




    3- Cuidados especiais com a moto 
      
      Em uma viagem longa para um lugar inóspito como está, importante ter cuidados especiais com a pintura da moto, tanque e carenagens. Um das técnicas bem simples difundidas entre os moto viajantes e adesivar o tanque e carenagens com contact.
     Abaixo mostro como adesivei minha Hornet foto a foto.












    4- Combustível

       Devido as grandes distâncias a serem percorridas, uma das preocupações do grupo é quanto a autonomia da motocicleta, estaremos percorrendo distâncias sem postos de combustíveis que variarão de 400 kms a 500 kms, portanto estarei levando combusível extra, no trajeto.
      Para isso, um galão reserva pode ser essencial. Optei por este modelo de 5 litros da marca PRESSOL. Além de devidamente certificado para o transporte, ele possui uma mangueira que facilita muito o abastecimento, evitando derramamentos.
      Levarei também mais 2 ou 3 litros em reservatórios menores, para facilitar a organização juntos ao restante da bagagem.




      5- Bagagem

      Para a viagem minha bagagem será distribuida entre um Bauleto de 46 Lts, 02 Alforges de 15 Lts (30 Lts Total) e mais uma mochita que estimo ter uns 50 Lts de capacidade. Devido a mochila ser não ser impermeável estarei levando sacos plásticos (de lixo), para caso da possíbilidade de chuvas no trajeto.  Alem de elásticos e "aranhas" para prender a mochila. Nunca  leve mochila  nas  costas, ela  escorrega  e  pode  desequilibrar  nas curvas causando um acidente.






      6-Acessórios

      Devido a viagem ser de 20 dias, com paradas em lugares diversos de a viagem ser em pleno verão, na Argentina pegaremos temperaturas proximas de zero graus, principalmente durante a noite, portanto estarei levando além da barraca, um forro térmico, um saco de dormir térmico,a lém de um colchão inflável.



    
Bagageiro, Espassadores e Bauleto Givi.

      Para polpar meus ouvidos e dos outros integrantes de viagem volta o escape original da Hornet, além de slider mais atual.

    Muito importante antes da partida fazer alguns testes de carga, para verificar a acomodação das bagagens da moto e verificar se não esquecemos de nada.


Primeiro teste de carga, não ficou legal, moto carregada, mas ainda algumas coisas ainda não estão na moto



Teste definitivo, todas as coisas na moto.





Na reta final, terminando de adesivar a moto


Na reta final, terminando de adesivar a moto









PARA TEREM MAIS DETALHES DA VIAGEM OU ACOMPANHAR A MESMA EM TEMPO REAL VISITEM O BLOG www.aduaneirosmc.com.br ONDE ESTAREMOS POSTANDO MAIS FOTOS, VIDEOS E RELATOS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário